domingo, 6 de novembro de 2011

A falta de arte na arte.



A arte existe para provocar em nós o que ainda não sabemos e se sabemos fingimos não saber. Sejam as emoções, risos, choros, medo, espanto. Sejam reflexões. Entusiasmos, indignações, perplexidade. Ou a satisfação que nos enche os olhos quando corres em harmonia ou não gravadas numa tela, mas estando ali satisfazem os nossos sentidos  da visão.
E como diria uma amiga: “Pinturas de paisagens sempre trás um certo conforto em nossa casa”.
Conforto é importante ainda mais nos dias corridos que vivemos. Não tenho nada contra as pinturas de paisagens que  a gente comprar na praça da Republica ou as pinturas jornalísticas dos pintores do começo da colonização de nosso país que pintavam as paisagens dominantes. Fauna e flora, além dos habitantes e seus costumes. Índios, negros, portugueses e holandeses.
São importantes.
Mas ando sentindo falta de um pintor que me cause espanto com uma nova paisagem, Um novo conceito uma nova expressão. Sei lá pode ser digital, gráficos de última geração, um novo expressionismo. Ou algo que ainda não temos o termo para tal. Fotografias, talvez.
O que me parece é que as artes de alguma forma caíram num lugar comum. Com medo de errar e errar conjuga com o verbo ousar não se esta mais inventando. Apenas se copia de forma diferente o que já foi feito. Os mesmos romances, os mesmos filmes, as mesmas novelas, os mesmos quadros as mesmas músicas.  Todos escravos do dinheiro e do medo de não ousar. O mundo parou. Talvez esteja por vir algum movimento instigante, delirante, excitante e talvez nem seja artístico. Seja algo de novo que vamos criar sem que os deuses saibam ou o dinheiro permita, ou nossos medo recrimine, mas que irá causar, refletir, inspirar, delirar e nos fazer ainda que humanos mais humanos, menos humanos, vivos.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Influir.

NÃO SE PODE CALAR O QUE A ALMA DESEJA ENTENDER, SE PERGUNTAR, DIGERIR,SE ALIMENTAR E EXPRESSAR.

A possibilidade de comentar uma matéria publicada pelos  jornais on-line está dando mais voz ativa ao cidadão. O que é bom e revelando o pensamento de muitos leitores. E ao ler esses comentários  você vai encontrar um vasto cardápio de receitas de reflexões revelando o quanto é plural o ser humano. Claro que se depara com coisas absurdas e xingamentos baratos e com o único propósito de extravasar a sua ira diante da vida e dos fatos. Venho acompanhado esses comentários há anos e  tenho notado que há sim uma evolução. Parece que o pensamento do cidadão comum esta se encorpando. Sim, porque tendo varias opiniões sendo expressas sobre o mesmo tema  o leva  a confrontar com outros pontos de vistas. Radicais, flexíveis, nulos, tolos, intolerantes, conservadores, liberais.  E sabemos que o pensamento só evolui quando em confronto. 
Segue um exemplo:
O caso da influencia da mídia sobre o comportamento do cidadão. Alguns acreditam que é uma influência maligna. Outros nem tanto. Outros ainda que não e que a maioria das pessoas não são tão despreparadas para serem influenciadas. Como vemos o ponto de vista e a opinião é plural, diversa. Claro que toda vez que você se expressa pode ou não influenciar o outro. Mas certamente deixara claro que o pensamento do outro não é o único.  Assim com o seu pensamento não é o único.
Ser influenciado e influenciar é parte da alma humana. Somos influenciados pela mídia,pelos livros , pela música pelas religiões, pelos amigos e familiares. Pelos lideres e ideologias, pelo dinheiro e pela falta dele. Somos influenciados e influímos pelo amor e pelo desamor.  Somos influenciados e influímos pelo mal e pelo bem. Alguns acharam que o seu ponto de vista é o correto, e quem está contra ele é má  influencia. Outros sentiram aliviados em suas vidas por um pensamento novo.  Outros serão afetados por pensamentos nefastos 
E  em todas as situações o livre pensamento e sua expressão em todas as correntes é um equilíbrio de forças.
É preciso deixar sempre os pensamentos se confrontarem. Nunca se pode calar o que alma que entender, se perguntar e digerir,alimentar e se expressar.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Precisamos entender o nosso tempo.

Precisamos entender o nosso tempo para que não permanecemos fora dele. 
Estou vendo que em nosso país alguns conceitos dominante parecem querer reviver o século 19.
Vejamos o caso do código florestal: O relator Senador Aldo Rebelo, disse que precisava extinguir a reserva legal das "pequenas propriedades" para que esses "pequenos proprietários" pudessem produzir mais. 
Alguém precisa avisar o senador que estamos no século XXI e que aumentar a produtividade passa por melhorias genéticas, técnicas novas ou estudos de novas técnicas e possibilidades. Destruir sempre foi uma mentalidade mercantilista., que deixou desastres pelo mundo. O agricultor pequeno ou grande não tem mais escapatória, porque se não aliar a natureza e as novas técnicas e consequentemente produzir novos estudos, certamente todos irão perder. Porque sejamos claro, a natureza não cria uma árvore por beleza e estética. Todo vegetal tem a sua função. Essa árvore tem a sua função na meio. E mesmo que o código florestal dê o direito de derrubar essa árvore, futuramente esse código terá que ser revisto. Perda de solo, produtividade, pragas e intemperes do clima, que essa arvorezinha, ajudava a equilibrar. Questão de bom senso e inteligência.
  Como questão de bom senso e inteligência é  saber que uma piada é uma piada e que um quadro humorístico não pode ser censurado ou retirada a sua exibição.  As pessoas que não gostarem simplesmente muda de canal, a não ser que seja pessoas peixinho de aquário que tem a inteligência restrita a três minutos. Como querem fazer acreditar representantes de sindicatos e do governo. 
Ou como disse um Juiz que anulou o casamento entre dois homens. O Juiz disse que falava em nome de Deus para anular aquele casamento.Sem mostrar a sociedade a procuração que Deus lhe outorgou para falar em seu nome. E o que eu me lembre Deus não sai por ai falando com  pessoas. 
Estamos no século 21, não no século 19 e esses padrões de raciocínio tem que se aptarem ao nosso tempo. 
São pessoas pagas com o nosso dinheiro de impostos caríssimos que ao mínimo deveriam respeitar a nossa inteligência.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Stive Jobs, que não teve medo de seus sonhos.

Stive Jobs não teve medo de seus sonhos e de seguir o seu coração. E com isso ao criar a Apple ajudou milhões de pessoas a se comunicarem e  descobrir, conhecer, mais e mais do que se pode conhecer e apreender.
Stive Jobs só poderia ter nascido nos E.U.A, porque a liberdade lá é coisa séria.  
E assim Stive Jobs ajudou os jovens egípcios a derrubarem um ditador, quem sabe essa liberdade não chegue a Síria, a China, ao Irã.
As mulheres, os homens,  estão lutando, todos queremos a liberdade o direito de ser respeitado e exercer os seus sonhos e desejos, como Stive Jobs. 
E com a conquista da liberdade mais Stive Jobs surgiram. 

domingo, 25 de setembro de 2011

SENSATEZ


VIVA O ESTADO JUDEU
VIVA O ESTADO PALESTINO
VIVA A DEMOCRACIA NA LÍBIA,
VIVA A DEMOCRACIA NA SÍRIA,
VIVA A DEMOCRACIA NA CHINA,
NO IRÃ.
MORTE O DITADOR DA COREIA DO NORTE
VIVA A DEMOCRACIA EM CUBA
MORTE A DESIGUALDADE SOCIAL
CERTAMENTE A INSENSATEZ NOS LEVARA PARA O FIM.
MAS TODO FIM É A POSSIBILIDADE DE UM NOVO COMEÇO.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

O desconhecido em nós.

 Já há algum tempo estamos vendo um desfile de livros de auto-ajuda. De alguma forma ou de outra esses escritos sempre transforma os seres humanos em anjos, duendes mágicos capazes de chegar ao pote dourado. E tem também as igrejas auto-ajuda.  Ou então como um grande sábio religioso com sabedoria suficiente para saber até mesmo o que Deus esta pensando, te dizem que isto e aquilo que está ou vem  acontecendo em sua vida é prova espiritual e que.... Bem, vamos lá.

O fato é que se formos sincero e olharmos dentro de nós encontraremos  o que precisamos. Mas é preciso coragem para isso. E com o tempo as pessoas que se metem nessas buscas de auto-ajuda, acabam vendo o tempo passar e não resolverem os seus problemas e ainda assim acabam em  consultórios piscológicos e psiquiátricos. Quando não deixam todo o seu dinheiros nessas "igrejas novas" que até máquina de débito para cartão tem em seus templos. E ai o prejuízo financeiro se alia ao desespero que passa o cidadão causando problemas em dobro.

Não podemos negar também que toda essa busca vem de uma questão que se afirma em nós assim que começamos a amadurecer e perceber que o mundo é mais cruel do que  antes não podíamos ver vivendo  no conforto das asas de  nossos pais. É um perioldo da vida em que a maioria ira passar, alguns mergulhando de cabeça e outros  passando por ele rapidinho. Mas no final de tudo, é uma busca que está inerente a nós humanos. Saber mais e mais da vida, do porque estamos aqui, quem somos e se teve realmente um começo, sem dúvida terá um fim. E o que é esse fim? O fim simplesmente, ou o fim de um ciclo e começo de outro? E qualquer coisa nova que venha em nossa vida, sempre tememos, porque afinal de contas é mais confortável permanecer onde estamos porque sabemos onde estamos.

Buscar o novo, especular sobre os mistérios da vida, saber de tudo o que vemos e não vemos sempre nos impulsionou em nossa jornada como humanos onde conquistamos o planeta, nos afirmando com especie dominadora.
Mas ao mesmo tempo, nos fez fugir do que vai dentro de nós. De entender os sentimentos e desejos,  medos e sonhos. Para alguns é mais fácil ir para uma guerra do que ir para dentro de si. É mais fácil matar o outro do que dar ouvido aos próprios sentimentos. É tão confortável acreditar em duendes ou  que Deus te escolheu como povo preferido do que encarar todos os sentimentos, de ódio, medo, rancor, pavor, dor ou o prazer de ter orgasmos, de ter talento, sonhos em realizar , desesjos e gosotos e  que está em nós  e existe em nós. De compor uma sinfonia, de escrever um romance... É mais fácil culpar os outros, do que enxergar as próprias qualidades ou ter a humildade e sabedoria de entender que se não tem talento para isso, tem para aquele outro. E que sucesso e fracasso é apenas um conceito nosso, não é algo criado naturalmente pela vida, a natureza, Deus ou os deuses. 

Auto-ajuda real é quando você olhando para si mesmo, sabe  quem é, o  que pode enfrentar, o que pode fazer, e quanto quer de si próprio.
Mas isso não é uma verdade se você não descobrir em si mesmo. E só ao fato de se despor a entender o que é, então  se torna uma conquista.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

A grande questão.

Vem de um longo tempo em nossa consciência a sabedoria que desde que percebemos existir a pergunta insistente.
" como surgiu tudo e porque"
Talvez nos como humanos que somos como hoje, e por algum tempo, não teremos essa resposta. É questão de competência cerebral. Talvez seja preciso uma evolução nova para entendermos como o cosmos surgiu.
Por enquanto temos as teorias.
A teoria do Big Bang. E essa teoria explica a criação do cosmos no momento da explosão.
E não há como provar a explosão inicial e nem como negar.
Como não há como provar que houve um outro cosmos que deu origem a essa explosão e não há como negar que houve esse cosmos.
Einstein  um dia indagou se " Deus" teve alternativa ou não quando criou o universo.
E se tudo teve um inicio, quem ou que força e leis criaram esse começo. O que entendemos do cosmos é que tudo tem um começo, uma existência e um fim. Mas a grande questão é  se houve ou não um outro cosmos antes desse que conhecemos e se houve  que força e leis o criou e se houve então houve um outro começo que deu origem a esse começo depois de algum fim,  e por fim  como começou a tudo... e se houve começo....
Então a grande questão continua uma grande questão

domingo, 11 de setembro de 2011

Experimentante, experimentozo

Certamente ao pensar em criar, Deus teve a sensação experimentante, numa explosão de tudo o que pode pensar se materializado e  logo a seguir quando tudo foi criado sentiu um experimentozo, onde descansa até sabermos dele.

Por tanto: 
Experimentante é a sensação de  excitação quando se vai viver uma experiência.
Experimentozo é o prazer de ter vivido essa experiência.

Porque o terror?

Todos sabemos que o terror é uma covardia. Todo tipo de terror é uma declaração de um covarde sem argumentos, sem força. E terror não vem somente dos terroristas. Vem de ditadores, e de governos democráticos que subjuga outras pessoas  apenas por defender interesse econômico. Ou imposição religiosas, e de poder.  Precisamos mesmo de religiões opressoras, poder a todo custo e grandes fortunas? E preciso repensar essas considerações nossas. Porque até a este momento em nosso história  a dor foi maior que o prazer. Já dispomos de tecnologia suficiente para a paz. E paz, vem de produzir alimentos para todos, moradias,  e qualidade de vida sem destruir o meio ambiente. É preciso que essas tecnologia sejam difundidas, e haja cooperação entre países ricos e pobres, para que a desigualdade planetária, desapareça. Eliminando assim a ganância de alguns em ter mais que outros, e consequentemente a covardia do terror  que  dai se origina. Basta vontade politica e a consciência de cada um. Ah, mas parece impossível.
E o fato de achar que essa cooperação planetária é impossível parece dizer que somente o terror é possível. E mesmo que ainda muitos não queiram, a humanidade caminha para essa cooperação, porque um problemão já está acontecendo em nossos dias, o aquecimento Global e queiram ou não, ele ira impor uma cooperação planetária.

domingo, 24 de julho de 2011

Esse momento silencioso está nos dizendo algo.

 Não percebemos  ou não queremos perceber!

Acho que isso vem dessa nossa consciência de que a vida tem um perioldo em que se pode viver. 
Eu perguntou se o animais sabem que um dia irão morrer, como nós humanos temos consciência. Os animais estão lutando pela sobrevivência dia  a dia, como nós também o fazemos. Mas os animais apenas cação ou tentam não serem caçados. Não fazem como nós que acumulamos sempre e cada vez mais coisas e aparências. E riquezas. Ou o que entendemos para nós de riquezas. E assim criamos impérios que matavam e matam milhares de seres, animais,vegetais e humanos para o bem estar de alguns poucos. Os impérios escravizaram centenas de pessoas, para que algumas poucas tivessem conforto. Ainda hoje os impérios estão ai, e vende a ideia de o conforto de uma vida moderna e cheia de coisas acumuladas é para todos. Então eles criam crises que vão e vem mas os impérios estão sempre lucrando. Alguns poucos sempre lucrando acima dos demais. Certamente iram me condenar por ser comunista fora do tempo. Nunca fui comunista e tão pouco aceitaria essa ditadura sobre os seres. O que os comunistas fizeram e fazem é o mesmo que o impérios fizeram,  apenas covardemente usam o termo para  o bem de todos. Claro que alguns poucos lucrando encima da tragédia de milhares, seja comunista, capitalista, religiosos e ditaduras  de todas as ideologias que certamente serão nosso Armagedom. 
O que não se percebe ou não quer se visto é que nossa sociedade humana  está condenados a desaparecer por esse nosso habito de acumular, acumular e não respeitar os limites que a natureza nos impõe. Ai esta ela se manifestando todos os dias.
É uma questão de inteligencia saber que uma floresta está nesse planeta porque tem a sua função e importância. A natureza não cria nada pra ser bonitinho apenas, tudo tem uma função e importância. As flores são bonitas para nós porque as suas cores e  perfumes atraem abelhas e beijas flores para  fecunda-las. Ouço muito as pessoas dizerem que o que vale é o lucro, que porque ter uma floresta como a Amazônia em pé se eu posso lucrar com ela derrubada? Sim se pode lucrar com ela derrubada agora, e depois o que será da terra devastada. Um floresta não é apenas arvores. Uma floresta é rios, terra, vento, ar, pássaros, animais, insetos. E sem eles nós estamos condenados, seja o pequeno fazendeiro ou grande fazendeiro. Todos nós que estamos na cidade, no carro, no avião, escrevendo isso agora. A natureza na verdade não é mais prejudicada com a destruição ambiental. Ela se recupera, se reinventa, cria novas especies e biomas, como sempre fez na história desse planeta. Nós seres humanos  que como especie, é que estamos condenados a ser extinto. Ou alguém acredita que sobrevivera a uma destruição ambiental?

terça-feira, 12 de julho de 2011

Ser.


" O artista não se concretiza somente pelo fato de executar obras de arte, como se pensaria ingenuamente, mas sim porque tem os prazeres da arte..."
Do Grande Sartre. 

Vivemos num mundo cada vez mais imediatista e cheio de  fakes  maquiagem  inclusive artística. Gente sem talento que esta por ai dizendo besteiras e fazendo besteiras. A musica por exemplo está em coma. O Cinema, em algum lugar no passado. A literatura cada vez mais menos. E o teatro, virou casa de espetáculos.E assim o mundo se tornou perfeito para criamos cada vez mais pessoas iguais, dizendo coisas iguais, pensando coisas iguais. Não é o aquecimento global que vai nos derrotar como especie. Mas sim essa nossa dormência  do pensar, do refletir e saber que se existe.

Frase.

" O ÓDIO É A VINGANÇA DOS COVARDES."
Bernad Shaw"

Os idiotas dos nazistas de ontem e de hoje confirmam essa frase.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Inconsciente.

Estar consciente das coisas parece assustador. Sempre pareceu, desde os tempos que ainda nos como humanos não sabíamos  sobre o consciente muito menos do inconsciente.
Acho que por isso criamos, o que hoje parece estado consciente.  Imaginar, sempre alivia a consciêcia das coisas.